Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Aliás

Aliás » Cinco guitarristas fundamentais do jazz

Aliás

Divulgação

Cinco guitarristas fundamentais do jazz

'Aliás' recomenda artistas para ouvir e se preparar para o filme sobre Django Reinhardt que abre o Festival de Berlim

0

O Estado de S.Paulo

23 Janeiro 2017 | 05h00

Django Reinhardt é objeto do filme Django, que conta a perseguição que ele sofreu por parte dos nazistas durante a ocupação de Paris e abre o Festival de Berlim em 2017. Uma boa dica para conhecer melhor esse guitarrista francês que uniu a música cigana ao jazz para conferir um suingue inédito a um gênero norte-americano é ouvir suas gravações com o quinteto do Hot Club, em que ele fazia parceria com o violinista Stéphane Grapelli.

Biréli Lagrène presta diversas homenagens não só a Django Reinhardt como a outros mestres do jazz e da música em geral, basta ver suas versões para So What, de Miles Davis; Isn’t She Lovely, de Stevie Wonder; e I Shot the Sheriff, de Bob Marley. Sua influência da melodia cigana de Reinhardt fica clara em gravações como Je Suis Seul Ce Soir.

Wes Montgomery é um dos maiores guitarristas do jazz, e suas parcerias não ficavam atrás. Além de regravar clássicos dos Beatles em releituras instrumentais, ele já tocou com nomes como John Coltrane, Thelonious Monk e Kenny Burrell. Um exemplo notável de sua técnica é a clássica Airegin:

Boogaloo Joe Jones não conta com tantas gravações disponíveis e nem tanto reconhecimento quanto outros guitarristas do mesmo calibre, mas arrebata qualquer ouvinte em poucos segundos com Right On, uma de suas músicas mais suingadas. O álbum Right On Brother merece ser ouvido do começo ao fim.

Charlie Christian foi tão importante para o jazz guitar que tem um captador de guitarras que leva seu nome. Ele foi responsável pela popularização do instrumento elétrico no gênero, embora não tenha sido o primeiro a utilizá-lo. Seu estilo se confunde com o blues, e o fez ser extremamente relevante para as décadas seguintes.

Bônus: Quincy Jones é um artista completo, que não cabe em uma lista como essa. No entanto, ele compôs em seu disco de 1971 Smackwater Jack a faixa Guitar Blues Oddyssey: From Roots to Fruits, que ilustra em seis minutos e meio uma breve história da guitarra, desde os primórdios do blues, passando pelo acid jazz e desembocando no rock 'n' roll para retornar às origens no final. 

 

Para saber mais sobre Django Reinhardt e jazz guitar, confira o texto publicado no 'Aliás' de 22 de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.