A aceleração consumista

Por que pagar mais caro, muito mais caro, para ter um

O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2012 | 03h13

carro importado na garagem? Por que não calcular o

sobrepreço das mercadorias de grife? Por que tornar

obsoleto o que ainda tem condição de uso? Por que

estourar o limite do cartão de crédito? Eduardo Giannetti, economista e filósofo, analisa em entrevista exclusiva a "corrida armamentista do consumo", um fenômeno que

atropela o mundo e pressiona o Brasil: "Aqui se compra

como quem vai com muita sede ao pote. Faz sentido pela demanda reprimida por bens de consumo. Mas, em

algum momento, a nossa sociedade terá de amadurecer".

ESPECIAL xPÁG. J4

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.