A Venezuela faz falta no Mercosul?

Chávez tenta impor prazo, Lula diz que há regras

O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2007 | 17h21

Irritado com os parlamentares brasileiros e paraguaios pela demora em aprovar a entrada da Venezuela no Mercosul, Hugo Chávez engrossou a voz: "Se não for feito em três meses, nos retiraremos por dignidade". A primeira reação brasileira veio da ministra Dilma Roussef: "Ninguém estabelece prazo para nós nem nós estabelecemos prazo para ninguém". Depois, Lula completou o recado: "Para entrar tem de ter as regras. Para sair, não tem regra. Se não quiser ficar, não fica".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.