Albertiiiiiiiiiiiiiino!!!

Mesmo contundido, o Fenômeno foi incansável. Mas a noite era mesmo do zagueiro Albertino

Fred Melo Paiva, O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2008 | 22h12

Atenção, lá vem Ronaldo, desembarcou no Aeroporto Tom Jobim, lá vem ele para nova temporada no Rio de Janeiro, passa por um, passa por dois, um paparazzo da Contigo, um "jornalista" da Caras, atenção, lá vem ele, conduz pelo meio, a namorada Maria Beatriz Antony está ao seu lado, ela não se apresenta para o jogo, tem participação discreta, ele dá sinais de que prefere avançar sozinho, lá vem o Fenômeno, vem recuperar-se de uma cirurgia no joelho esquerdo, rompeu o tendão patelar num jogo do Milan em 13 de fevereiro, foi operado em Paris no dia seguinte, atenção, lá vem ele, Ronaldo tá na área, vai ficar alguns meses, o Ricardinho Mansur já deve estar em polvorosa, o Alexandre Accioly, vai rolar a festa, o povo do gueto mandou avisar, lá vem Ronaldo, é um exemplo de superação, o Ronaldo after hours, ainda mais agora que ele tem cabelo, ninguém segura, o Brasil vai curar de novo o Ronaldo, chá com nóis garotinho, Brasil-sil-sil-sil...Que ninguém se iluda, Ronaldo está contundido mas é preciso respeitá-lo, ele já raspou a cartilagem do joelho, já arrebentou o tendão, já convulsionou na final, já casou em castelo e descasou em três meses, já pôs o nome no filho por causa do Ronald McDonald, e sempre, sempre o Fenômeno soube dar a volta por cima... É por isso que lá vai ele, um São Sebastião de chuteira, vai impondo o seu ritmo, vai avançando com cautela, olha o Pelé na marcação, ele mesmo, o Rei do Futebol, ele quer derrubar o Ronaldo, ele disse que o Ronaldo está acabado, a flecha de Pelé está cheia de veneno, lá vai Ronaldo, lá vem Pelé, um desencontro de titãs, atenção, o Ronaldo vai retrucar, "Que bom que ele falou isso, o Pelé só dá azar quando faz previsão", o Pelé calado é um poeta, deu bom dia a cavalo e já ficou na saudade, lá vai Ronaldo, atenção, parte agora para o ataque, estufa o peito, com três dias de Rio de Janeiro a sua assessoria avisa que "o Fenômeno já tem quase 100% de movimentos no joelho operado", é o milagre brasileiro, Ronaldo já pode até fazer um plier, Ronaldo está animado, partiu com tudo, não tem joelho mas lá vai ele para o Maracanã, vai ver Flamengo e Botafogo, Ronaldo é torcedor do Flamengo, olha ele lá, sempre naquele raybanzão, lá vai, atenção, olha o revés, olha a invertida, pimba. Gol do Botafogo. Goool... 1, 2, 3 gols do Botafogo... Ronaldo é pé-frio... Deu azar pro Flamengo... É melhor sair antes do apito final... Olha ele indo embora com a Maria Beatriz... Que brochada... Dois pé-frio e uma muleta fria...Não há de ser nada, o Flamengo está na final e o futebol é uma caixinha de cerveja, por isso lá vai Ronaldo, ele quer fazer umas baladas sem a Maria Beatriz, quer enfiar o pé na jaca, lá vai ele, aplica um chapéu na menina, atenção, vai preparar o cruzamento, vai sair para o abraço, ela fica em casa e ele só volta de manhã... Maria Beatriz parte então para o contra-ataque, lá vai a ex-mulher do Nelsinho Piquet, ela tem velocidade, joga com inteligência, fazia pós-graduação em Paris antes de se mudar para a casa do Ronaldo em Milão, é formada em engenharia pela UnB, lá vai ela, encara Ronaldo, mas desespeeeeera-se diante do Fenômeno... Quer apitar o jogo, quer ganhar no grito... Não bastam os pagodes na Barra que o Ronaldo te levou? Não basta o aniversário da Letícia Birkheuer, a festa na casa da Lenny Niemeyer? Então Ronaldo rouba-lhe a bola, aplica-lhe um novo chapéu e sai de novo para o abraço... Ronaaaaldo!!!Domingo, lá vai o Ronaldo para o Maracanã, vai torcer pro time que ele é fã, vai levar foguetes e bandeiras, não vai ser de brincadeira, ele vai ser campeão, o Ronaldo não vai de cadeira numerada, vai sentar na arquibancada pra sentir mais emoção, porque o time do Ronaldo, bota pra f..., e o nome dele o Ronaldo vai dizer, ôôô, Mengo!!! E atenção lá vai Diego Tardelli, é a primeira partida da final, é contra o Botafogo outra vez, lá vai, olha o cruzamento do Tardelli, pro Obina, atenção, bateu, guardou. Gooooooooool... É do Flameeeengo!!! É gol, que felicidade, o meu time é a alegria da cidade! Tá lá deeentro! Ronaldo esquentou o pé na jaca! Bora comemorar o resultado, bora Ronaldo, larga em casa a pochete sem alça, a festa não tem hora para acabar!Ronaldo tem uma maneira muito peculiar de ficar em descanso... O caro ouvinte vai se lembrar que ele também veio descansar no Rio de Janeiro em 2005, depois de pedir dispensa da Copa América. Ele veio com tudo, um Ben-Hur em férias tropicais! Enquanto relaxava, discutiu a criação de uma faculdade de fisioterapia com o Tarso Genro, encontrou-se com o Lula, montou uma equipe de automobilismo para a categoria A1 Grand Prix Series, fez um bate-volta em Portugal, outro na África do Sul, outro em Angola, voltou, o risoto das festas, carcou a Lívia Lemos, saiu com a Virna do vôlei, carcou a Marcelle Bittar, depois um repeteco com a Lívia Lemos, tudo isso em um mês... Já nos acréscimos, enquanto administrava o resultado, ele conheceu a Raica, e pimba na magrelinha... É por isso que o Ronaldo veio de novo para o Brasil recuperar-se da contusão: a melhor terapia para isso é tirar a água do joelho, sacudir o esqueleto e dar a volta por cima. Pois então, voltando à vaca fria, veja só quem veio para a festa da vitória do Flamengo: o Alexandre Accioly! Quem é vivo sempre aparece, olha o Accioly ali, ele tá na área, espera o cruzamento, a Maria Beatriz dormindo, o Ronaldo com as jacas, lá vai ele, evolui pela meia cancha, Ronaldo para Accioly, Accioly para Ronaldo, os dois juntos na tabelinha, 100% de movimento, atenção, a festa rolando, o Ronaldo tirando água do joelho, lá vai ele... Perdeu. Perdeu... Na verdade Ronaldo não vive um bom momento... Deve ser a Maria Beatriz em casa secando... Ele até confessaria depois que está passando por problemas psicológicos desde que operou o joelho... Lá vai o São Sebastião, não quer mais ficar na boate, quer "extravasar com alguém que não fizesse parte do meio em que vive", e por isso deixa o Accioly na saudade e parte sozinho, chamando de novo a responsabilidade para si...Lá vai ele, livrou-se do meio em que vive, conduz seu Ford Fusion, ninguém na marcação, tem agora uma avenida inteira pela frente, a Avenida Sernambetiba, na Barra, quer evitar o 5 contra 1, por isso cadencia o jogo, levanta a cabeça, tenta encontrar um caminho alternativo para o gol, lá vai Ronaldo, precisa extravasar, atenção, parece ter achado uma saída, quer dizer, uma entrada, hummm, quanto? "Oral é R$ 30, no carro é R$ 50, no motel é R$ 100", que beleza, bora Ronaldo, um de joelho é suficiente, simbora garoto, ele conduz a menina, é a Andréia, vai com tudo, ela chama as amigas, agora são três, ele vislumbra uma laranja mecânica, um frango assado que seja, simbora Ronaldo, ele abre agora pela esquerda, chega ao Motel Papillon, atenção, vai sair para o abraço, vai rolar o cruzamento, penetrou, bateu, no travessããããão!!! Mas o que é isso??? Bateu no paaaau!!! Ronaldo está confuso... Não tinha aquela trave ali... Quem foi que mudou a trave de lugar?... E atenção, a bola continua em jogo, a Andréia não é a Andréia, a Andréia é o André, André Luís Ribeiro Albertino, as amigas do André viraram homem, ave Maria, Ronaldo está cercado, são três zagueiros, ginga pra cá, ginga pra lá, oferece milzinho pra cada um, os amigos do Albertino embolsam a grana e saem fora, sobra apenas o Albertino, Ronaldo ainda tem a posse de bola, pedala, tenta se livrar, Albertino não aceita a mala preta, com ele não tem conversa, é bola pro mato que o jogo é de campeonato, funga no cangote, incomoda, pega por trás, é um grande embate, atenção, dois ícones do Brasil internacional, o travesti e o jogador de futebol, em clássico não tem favorito, lá vai Albertino, ele quer R$ 50 mil, é pegar ou largar, e no caso de largar o Albertino vai chamar a imprensa, vai dizer que tem droga no meio, vai armar o barraco, Ronaldo não aceita, olha a discussão, olha o qüiproquó, atenção, Albertino deu o bote, roubou-lhe a menina, meteu-lhe um chapéu, partiu no contra-ataque, olha o delegado, olha a imprensa, olha o video no YouTube... E tá lá!!! Gooooooooool!!! É do Albertiiiiiiiiiiino!!! É gol, que felicidade, o Albertino é a alegria da cidade! Al-Al-Al-Albertiiiiiiino!!! O jovem zagueiro de Ribeirão Preto, 21 anos, com todo o seu molejo de rua, desde os 12 na labuta, sete comprimidos de hormônio por dia, várias aplicações de silicone cirúrgico, Albertino também passou muita coisa nessa vida, também é um herói da superação... A noite é de Albertino... Terminada a partida, Ronaldo está chorando no colo de dona Sônia, não quer dar entrevistas... Já o Albertino está a caminho da RedeTV, está escalado para meia dúzia de programas, promete entrar de sola e, dizem, produzirá um filme pornô intitulado Os Ronaldões... Maria Beatriz, coitada, arrumou as malas e foi embora, acabou o romance... O próprio Ronaldo, numa prova de espírito esportivo, foi quem informou a ela o resultado da grande peleja... É pau, é pedra, é o fim do contrato com a Nike?, é o Pelé acertando uma?, são as manchentes no mundo inteiro, até em Portugal: "Ronaldo: saiu-lhe um travesti e acabou a noite na esquadra". A finalíssima, no entanto, vai se dar no tapetão. Agüeeeeenta coração!!!

Tudo o que sabemos sobre:
RonaldoFenômenoAndréa Albertini

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.