Antonio de Lima Neto, ex-presidente do BB

Após período de desgaste dentro do governo, Lima Neto deixou o cargo de presidente do Banco do Brasil. A demissão foi motivada por sua relutância em liderar o movimento de redução do custo de crédito no País. Segundo a oposição, há suspeitas de irregularidades na gestão. O vice-presidente de Cartões e Novos Negócios, Aldemir Bendine, assumiu o posto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.