Arnold Schwarzenegger, governador da Califórnia

Com um déficit de US$ 25 bilhões no orçamento, o governador californiano se viu obrigado a pôr à venda centros de exposições, arenas, parques de diversão e outros patrimônios estaduais para arrecadar fundos. O Coliseu de Los Angeles e a prisão de San Quentin entraram na lista. O Estado, um dos mais prósperos dos EUA, está à beira da falência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.