Bernard Madoff, ex-presidente da Nasdaq

O conhecido operador de Wall Street é acusado de uma gigantesca fraude de US$ 50 bilhões. Segundo agências reguladoras dos EUA, Madoff usava sua consultoria para operar o desvio multibilionário. O escândalo afeta bancos, investidores e, principalmente, entidades beneficentes que tiveram de fechar as portas ou sofreram enormes prejuízos.

O Estado de S.Paulo

20 de dezembro de 2008 | 22h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.