'Chamamos os estudantes às ruas para defender a meia-entrada sem restrições'

A Carteira do Estudante com direito à meia-entrada foi uma conquista histórica do movimento estudantil brasileiro. Sabemos que a formação escolar e acadêmica ultrapassa os muros da universidade e o acesso à cultura nos faz pensar, tornando-se peça-chave para preparar cidadãos. Essa semana, um projeto em discussão no Senado Federal chamou a atenção da juventude. Entre outras coisas, a lei estabelece que a meia-entrada não valerá nos cinemas em finais de semana e feriados locais ou nacionais. Para todos os outros eventos, como peças teatrais e shows, a meia-entrada não valerá de quinta-feira a sábado, caso o projeto seja aprovado. A União Nacional dos Estudantes reconhece a necessidade de uma nova lei federal para regulamentar a emissão e o uso da carteira de identificação estudantil, desde que não restrinja o direito dos estudantes. Chamamos os estudantes às ruas para defender o direito à meia-entrada em todos os dias da semana. Lutaremos para que esse direito seja assegurado no projeto. É necessária também a validação apenas das carteiras emitidas pelas entidades estruturadas e reconhecidas nacionalmente. A criação de um fórum formado por representantes dos estudantes e do fazer cultural e de entretenimento no País, para gerenciamento e controle do mecanismo, também é uma questão fundamental nessa discussão. Pela regulamentação da emissão de carteiras sem restrição de direito!

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.