Criar cota para modelos negros em desfiles diminui o preconceito?

MP quer maior participação de negros na SPFW

O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2009 | 20h36

Com o objetivo de aumentar a inserção de modelos afrodescendentes no mercado, o Ministério Público pretende criar cotas para negros e pardos nos desfiles do País. A ideia é da promotora Deborah Kelly Affonso, do grupo de inclusão social do MP. Em 2008, o grupo abriu inquérito para apurar suposta prática de racismo na São Paulo Fashion Week, principal evento do ramo. Em janeiro daquele ano, apenas 8 dos 344 modelos que desfilaram eram negros.

Resultado da enquete:

Sim> 12%

Não> 88%

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.