Deixa o homem delirar

A verdade é que, nessas horas de caos financeiro, todo economista é meio Lula. Não faz a menor idéia do que está acontecendo, mas não perde a pose. A diferença é que o presidente tem experiência nisso. Pode dizer coisas como "estamos tranqüilos que vamos tocar o barco do jeito que a gente está tocando" ou "o Brasil, se tiver que passar por algum aperto, será pequeno" com uma carga de verdade inatingível por alguém que sabe o que diz. "Pergunta pro Bush", convenhamos, já é um clássico do moderno pensamento contemporâneo. Perde, talvez, para o "por que no te callas" do rei de Espanha.Cá pra nós, o que seria mais importante advertir a quem entende do assunto do que um "olha, o Natal está chegando, hein!"? Não resolve nada, mas, francamente, alguém precisa acreditar em Papai Noel. Ou não? GlobalizaçãoCorre em Brasília - palavra de quem tem experiência no assunto - o boato de que um certo Robert Jefferson, que seria deputado pelo Partido Republicano, vai abrir o bico a qualquer momento para denunciar como funcionou o esquema de mensalão no Congresso americano para aprovar a toque de caixa o superpacote de US$ 700 bilhões de ajuda ao sistema financeiro. A grosso modo, faz sentido!O caraVanderlei Luxemburgo se acha o máximo. Com razão! Nenhum outro sujeito talentoso e bem sucedido em sua atividade sobreviveria à ambição que lhe salta à boca. Imagina o Serginho Groisman, por exemplo, dizendo publicamente que, se fosse o Roberto Irineu Marinho, lhe daria o horário do programa do Luciano Huck. É mais ou menos isso o que Luxa está fazendo com o Dunga. Na maior!Meia bombaO que faz Fidel Castro que não oferece ajuda humanitária de Cuba aos bancos americanos? Vai perder uma oportunidade dessas, comandante?! Será que está com medo que eles aceitem? Bobagem!É por aí!A reabilitação do último czar russo, Nicolau II,pode reabrir no Brasil novos pedidos de indenização com base na Lei da Anistia. Se nada justifica, mais um motivo. Há jurisprudência a respeito.Que crise?Armínio Fraga comprou 30% da Droga Raia. Farmácia, como se sabe, é o único lugar que ninguém deixa de ir quando dói no bolso. Muito pelo contrário! Tem remedinho pra tudo lá.InflaçãoA Justiça Eleitoral de Roraima descobriu uma forma de reprimir a compra de votos. Proibiu todo cidadão em sete cidades do Estado de sacar mais de R$ 1 mil por dia. Isso quer dizer o seguinte: o preço do voto deve estar pela hora da morte. Perda totalA morte de Paul Newman mexeu mais com o bilionário Eike Batista do que toda a grana que ele havia enterrado na bolsa de valores nos últimos meses. O empresário era, provavelmente, o maior tiete do ator americano no Brasil. A ponto de, nos anos 1980, usar smoking com botinha de caubói por influência de um velho personagem do galã. A namorada de Eike na época ficava escandalizada. Errar é...Carlos Minc já rivaliza com o xará Luppi em desmentidos oficiais à imprensa. Se continuar nessa batida, o ministro do Meio Ambiente pode tirar do colega do Trabalho o Troféu Ofélia 2008, conferido pelo governo a quem em seus quadros só abre a boca quando tem certeza. Certeza de que vai dar confusão. Repara só: não há novidade anunciada no mapa do desmatamento do País que depois não leve Minc de volta aos jornais, sempre com um colete diferente, para explicar que não é bem assim, nem assado. Já há em Brasília, inclusive, quem desconfie que, no caso do ministro, a oportunidade de correção justifica o erro. A vaidade é humana, né?FeitiçoSeis em cada dez americanos acham que Sarah Palin não tem experiência política para ser vice-presidente dos EUA. Os outros quatro estão completamente apaixonados pela candidata.Na boa!Se depender das secretárias do Palácio do Planalto, Dilma Rousseff está eleita. É o mínimo que elas podem fazer pela ministra que determinou a devolução de todos aqueles brindes bacanas pra chuchu que as moças ganharam da iniciativa privada no Dia da Secretária. Nenhuma delas, decerto, tinha atinado para o erro de conduta que, inadvertidamente, cometera-se em grupo. Não fosse a "dona" da Casa Civil, estariam agora às voltas com a Comissão de Ética Pública. Já pensou?

Tutty Vasquez, O Estado de S.Paulo

05 de outubro de 2008 | 00h42

Tudo o que sabemos sobre:
Tutty Vasquez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.