Edison Lobão, ministro de Minas e Energia

Após defender a substituição no comando da Fundação Real Grandeza - que administra o fundo previdenciário de Furnas e Eletronuclear -, Lobão viu a proposta do seu partido, o PMDB, ser retirada da pauta do conselho deliberativo. A mudança foi rejeitada pelo presidente Lula. Manifestações dos funcionários da empresa teriam motivado a decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.