Em resumo

Conflito naval entre as duas Coreias - 10/11

O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2009 | 03h00

Um navio de guerra sul-coreano abriu fogo contra uma embarcação norte-coreana que teria cruzado a fronteira marítima, zona disputada entre os dois países. Houve troca de tiros por dois minutos, um marinheiro norte-coreano foi morto e 15 ficaram feridos. A Coreia do Norte, que negou a intromissão, disse que seu vizinho do sul ''vai pagar caro'' pela ofensa, e exigiu pedido de desculpas.

Ministro Hélio Costa propõe Bolsa-Celular - 10/11

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, propõe distribuição gratuita de mais de 11 milhões de celulares pré-pagos, para os participantes do Bolsa-Família. Além do aparelho de celular, as pessoas receberiam um crédito de R$ 7 para ajudar a pagar as despesas das ligações. O programa custará em torno de R$ 2 bilhões, a serem investidos ao longo de dois anos.

Inpe registra queda no desmatamento - 12/11

Os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registraram o menor índice de desmatamento da Amazônia dos últimos 21 anos. Foi uma redução de 45,7% em relação ao período anterior (2008-2009), o que equivale a 7.008 km2 de área desmatada, mais ou menos cinco vezes a área da cidade de São Paulo. O Estado que mais sofreu com a devastação foi o Pará, tendo 3.687 km2 de sua floresta destruída, seguido por Mato Grosso, com 1.047 km2. Esses dados serão apresentados mês que vem na Conferência do Clima de Copenhague.

Guardas e camelôs em confronto na 25 - 12/11

Numa das épocas mais movimentadas do ano, a rua de 25 de Março, no centro de São Paulo, foi palco de confronto entre guardas civis metropolitanos e vendedores ambulantes, durante batida policial. Cerca de e 300 vendedores ambulantes reagiram à fiscalização. Alguns jogaram ovos contra as lojas. Com medo, muitos comerciantes fecharam as portas. A tropa de choque da Polícia Militar foi chamada para tentar controlar a situação. Um guarda ficou ferido e 13 camelôs foram presos.

Casal vendia carne de cachorro - 12/11

Casal de Suzano, região metropolitana de São Paulo, é suspeito de matar cães e gatos para vender a restaurantes coreanos do bairro do Bom Retiro, em São Paulo. A carne era vendida por até R$ 200 por animal, constatou a Polícia Civil. O frigorífico improvisado funcionava havia três anos nos fundos da residência do casal, eles engordavam os animais e depois os matavam a machadadas. Os restos não consumidos - como a cabeça e as patas - eram queimados com um maçarico.

Pedaço de Rodoanel desaba sobre carros - 13/11

Três vigas de uma obra do Rodoanel caíram sobre os carros na altura do km 279 da Rodovia Régis Bittencourt, na região de Embu, Grande São Paulo (foto). Um caminhão e dois automóveis foram atingidos, deixando três pessoas feridas, segundo o Corpo de Bombeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.