Silvana Garzaro/ESTAD?O
Silvana Garzaro/ESTAD?O

Estante: Dos poemas de César Vallejo ao novo romance de Valter Hugo Mãe

Quinzenalmente, a equipe do 'Aliás' indica cinco novos livros

Antonio Gonçalves Filho, O Estado de S. Paulo

08 de janeiro de 2022 | 16h00

Vallejo, poeta que foi traduzido pelos concretistas, ganha uma nova releitura

O escritor peruano César Vallejo é cultuado por um pequeno círculo de intelectuais brasileiros, mas este pode crescer com a publicação de Poemas Humanos, que reúne textos escritos nos anos 1930, após o poeta ter se envolvido em política. Trágico, existencialista, César Vallejo tem um texto cativante, sincero.

Poemas Humanos 

César Vallejo 

Editora 34 

328 páginas 

R$ 72,00

A violência contra negros e índios do Brasil contada por um autor europeu

O autor português Valter Hugo Mãe volta ao romance, após um hiato de cinco anos, para relatar o genocídio praticado por europeus contra índios brasileiros, a partir da história de um homem que é fruto da violência de um branco com uma indígena e de um negro aprisionado pelos abaetés, que opta por lutar ao lado dos índios. 

As Doenças do Brasil 

Valter Hugo Mãe 

Editora: Biblioteca Azul 

208 páginas 

R$ 54,90

Clássico de Kobo Abe mostra o papel do insólito na

vanguarda asiático

É inesquecível o filme de Teshigarara (A Mulher da Areia, 1964) baseado neste clássico de Kobo Abe, A Mulher das Dunas. O impacto ao ler o livro é o mesmo: nele, um entomologista, ao fazer pesquisas numa praia isolada, acaba se envolvendo com uma mulher e cai numa perversa armadilha montada pela comunidade local. 

A Mulher das Dunas 

Kobo Abe

Estação Liberdade 

288 páginas 

R$ 59,00

Ensaio explora a interação entre pessoas e animais, cultura e instinto

O crítico de arte, pintor e escritor inglês John Berger (1926-2017) foi também um pensador alinhado à contracultura. O tema da reunião de ensaios Por que Olhar para os Animais? é a razão do embate entre cultura e instinto. São oito textos, que vão de nossa ligação genética com os chimpanzés à extinção de várias espécies na Terra.

Por que Olhar para os Animais?

John Berger

Editora: Fósforo 

112 páginas 

R$ 59,90

O crítico brinca com Machado e Proust em seu livro de contos surreais

Ronaldo Brito é um dos mais respeitados críticos de arte do Brasil. É também autor dos três contos de Quatro Destinos, Menos Um, o primeiro deles uma deliberada remissão ao universo machadiano por meio da relação entre um gato e seu dono. Brito surpreende ao brincar com Proust e a inconsolável memória.

Quatro Destinos Menos Um 

Ronaldo Britto 

Editora: Iluminuras 

114 páginas 

R$ 49,00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.