Frases

''''Isso é problema dos Estados Unidos e dos bancos americanos, não é meu'''' Lula, presidente, garantindo que está tudo bem, embora o valor de mercado das 400 empresas negociadas na Bovespa tenha diminuído US$ 227 bilhões em uma semana''''Vamos mudar o bico do tucano e botar um de sabiá, porque nós precisamos é cantar os nossos feitos'''' Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente, insistindo que o PSDB defenda mais seus projetos''''O Estado brasileiro é raquítico'''' Márcio Pochmann, novo presidente do Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea), ao defender o aumento no número de funcionários públicos e uma melhora na qualidade deles''''Flácido e balofo, mas não raquítico'''' Rolf Kuntz, jornalista, sobre o comentário de Pochmann, em artigo publicado no Estado''''Chegou à conclusão de que o dirigente não está correspondendo, faz um recall dele'''' Hélio Costa, ministro das Comunicações, defendendo poder para o governo demitir diretores de agências regulatórias''''Não fumo charuto. Churchill, este sim fumava charuto e veio de família humilde e nem por isso deixou de ser grande estadista'''' Denise Abreu, diretora da Anac, em depoimento à CPI do Apagão. Denise havia sido flagrada fumando em uma festa no dia da greve de controladores de vôo. O que ela não sabe é que o ex-premiê britânico Winston Churchill era de uma família aristocrática''''Hoje 5% dos brasileiros não estão confortáveis nas nossas aeronaves'''' Milton Zuanazzi, presidente da Anac, para quem não vale a pena aumentar o preço das passagens só para atender uma minoria''''Não pretendo voltar à Prefeitura. Estou muito feliz no Ministério'''' Marta Suplicy, ministra do Turismo, que não descarta disputar a eleição para o governo estadual de São Paulo em 2010''''O sacrifício não é apenas financeiro. Toca também no meu desejo de expressão e de comunicação, além da demanda do meu público'''' Gilberto Gil, músico e ministro da Cultura, que, ao contrário de Marta Suplicy, está infeliz com o cargo''''Ela não abriu mão da herança porque o espólio não está sendo bem gerido'''' Denivaldo Barni Júnior, advogado de Suzane von Richthofen, que defende o direito da garota à herança. Ela foi condenada por participar do assassinato dos pais''''Fui humilhado. O que me decepciona é o ponto a que ele chegou, de dizer que não me suportava'''' Ricardinho, jogador de vôlei, sobre Bernardinho, que o cortou do time nas vésperas do Pan, em mais um capítulo da briga com o técnico ''''Acha que se eu tivesse humilhado alguém tão importante os jogadores teriam aceitado?'''' Bernardinho, técnico da seleção de vôlei, defendendo-se das acusações de Ricardinho

O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2007 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.