Frases

Não é possível governar sangrando em praça pública

O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2010 | 00h56

Paulo Octávio, ex-governador interino do Distrito Federal em entrevista ao "Estado", justificando a decisão de renunciar ao cargo

O verdadeiro guerreiro não abandona a batalha, mesmo que seja morto no caminho

Eurides Brito, deputado do Distrito Federal (PMDB), que responde a processo disciplinar por suposto envolvimento com o "mensalão do DEM", reiterando que se recusa a renunciar ao cargo

Acordamos ricos, dormimos pobres

Jadir Quadros, motorista, de 40 anos, que faz parte do grupo de moradores de Novo Hamburgo (RS) que acertou os números da Mega-Sena, mas não levou os R$ 53,3 milhões, lamentando a perda do prêmio por desatenção da funcionária de lotérica que não registrou o jogo

Se temos de nos imolar, vamos nos imolar para mostrar ao mundo que a morte de Zapata não foi uma casualidade

Guillermo Fariñas, ex-preso político cubano, anunciando que fará greve de fome em protesto pela morte do dissidente Orlando Zapata, que faleceu depois de ficar 85 dias sem comer

Seja macho, Chávez. Fique aqui

Álvaro Uribe, presidente da Colômbia, durante a Cúpula da América Latina e Caribe, em Cancún, intimando o presidente da Venezuela a discutir cara a cara. Hugo Chávez ameaçava deixar uma reunião após acusar Uribe de ter um plano para matá-lo

Vocês veem muitos filmes de James Bond

Avigdor Lieberman, ministro de Relações Exteriores de Israel, a um grupo de jornalistas, que perguntava sobre a acusação feita pela polícia de Dubai de que o serviço secreto israelense, o Mossad, seria responsável pela morte de um líder do Hamas

Vi os dois trocando tapas, enquanto eu estava sem forças para gritar

Gislaine de Matos Rodrigues, gestante que perdeu o filho durante o parto porque os dois médicos que a atendiam no Hospital Municipal de Ivinhema (MS) começaram a brigar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.