AÉCIO NEVES, senador (PSDB-MG), tentando explicar por que, um ano atrás, quando "ninguém sabia das ligações de Demóstenes Torres" atendeu a um pedido do dito cujo e nomeou uma prima de Carlinhos Cachoeira para um cargo comissionado no governo de Minas Gerais

29 de abril de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.