Mirek Topolanek, premiê checo

O premiê da República Checa renuncia ao cargo depois de a oposição aprovar uma moção de censura contra seu governo no Parlamento do país. Topolanek vinha sofrendo críticas pela maneira como lidava com os efeitos da crise econômica mundial. O primeiro-ministro e seu gabinete vão permanecer interinamente em suas funções até que um novo governo seja formado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.