O peso de ser mulher

Para a filósofa indiana Vandana Shiva, o estupro coletivo que matou a universitária Jyoti Singh Pandey, em Nova Délhi, "detonou uma revolução social no país". Culpados? Além do bando criminoso, o patriarcalismo de uma sociedade

O Estado de S.Paulo

13 de janeiro de 2013 | 02h05

de castas e uma economia tão obcecada com crescimento que não reconhece como produtivo

o trabalho de subsistência feito por milhões de mulheres. Não por acaso, entre 1971 e 2011

os índices de estupro na Índia cresceram 873%.

"O descaso legal é parte de uma ordem política dominante que as ignora em todos os domínios

da vida. Sim, lá, mulher come por último",

diz a antropóloga Debora Diniz.

ESPECIAL xPÁGS. J4 e J5

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.