O que eles têm por dentro?

Ambulatório da notícia

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2010 | 01h43

Com o devido perdão do leitor pelo oportunismo metafórico aqui empregado para driblar a falta de assunto que assola o País, candidatos a presidente da República são como ovos de Páscoa: embora por fora pareçam todos iguais, nunca se sabe exatamente o conteúdo de uns e outros enquanto estão na vitrine, ainda mais em plena Semana Santa de ano eleitoral.

Essa história de que a Dilma e o Serra seriam tão previsíveis quanto qualquer Kinder Ovo, ou seja, que têm por dentro um bonequinho do Lula ou do FHC para montar, francamente, eu não acredito que o Brasil vai continuar trocando de presidente como criança que escolhe ovo de Páscoa mais interessada no brinde que no chocolate.

A diferença do candidato que essa semana entrou na campanha atirando contra a "roubalheira" para a adversária que preferiu debutar mirando na "estagnação", convenhamos, é mais ou menos como a do ovo amargo para o meio amargo. A rigor, Dilma e Serra terão muito mais dificuldades que Lula e FHC para se distinguirem aos olhos do eleitor.

O certo, até agora, é que no governo dela não haverá primeira-dama, enquanto ele pode vir a ser o primeiro presidente brasileiro que não vai ficar grisalho no exercício do cargo. É pouco ainda pra gente poder escolher entre um e outro. Depois do Dia das Mães as coisas devem começar a ficar mais claras. Relaxa, vai! Volta pro seu chocolate, e feliz Páscoa!

Continente sem memória

A incrível história do refém colombiano libertado após 12 anos em poder das Farc deixou no ar uma pergunta capital: cadê a Ingrid Bittencourt?! Será que foi sequestrada de novo, cacilda?

PAF

Ganhou apelido em Brasília o superacelerador de partículas subatômicas que recriou dia desses o Big Bang em laboratório na Suíça: Plano de Aceleração do Fim do Mundo.

Caça às bruxas

A Justiça eleitoral e o Conar mantiveram respectivamente, nessa semana o parecer pela cassação de Gilberto Kassab na Prefeitura e a censura ao comercial da Paris Hilton para a

Devassa. Onde é que isso vai parar?

A inveja é uma...

Carla Bruni e Michelle Obama aproveitaram na terça-feira passada o tempo em que os maridos discutiam o Afeganistão na Casa Branca para perguntar ao espelho do toalete do Salão Oval se existe no mundo mulher mais charmosa e poderosa que elas. A resposta - "Sim, majestades: a rainha Rania, da Jordânia!" - azedou o jantar servido a seguir.

Pesadelo

De tanto ouvir palpites de jornalistas sobre a possibilidade de levar algum menino do Santos para a Copa do Mundo, Dunga sonhou noite dessas que estava afogando o Ganso. Literalmente!

Promoção de outono

Chega nesta segunda-feira às calçadas mais movimentadas do País a versão pirata do iPad, a engenhoca da Apple que aterrissou ontem nas lojas autorizadas. Dizem os camelôs que o modelo original não tem isqueiro nem canivete.

Estratégia americana

Barack Obama está pressionando a ONU a declarar o Irã território do Inferno antes da chegada de Lula por lá. Se acontecer a tempo, é bem provável que o diabo em pessoa vá com Ahmadinejad receber o presidente brasileiro em Teerã. Pelos cálculos da Casa Branca, Obama estará tecnicamente empatado com Lula em popularidade até o final do ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.