O que passou

PROTESTOS NA TAILÂNDIA MATAM 2

O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2009 | 20h35

13/4

A onda de manifestações (foto) da oposição em Bangcoc deixa 2 mortos e fere pelo menos 113 pessoas. O protesto começou quando apoiadores do ex-premiê Thaksin Shinawatra exigiram a deposição do atual líder do país, Abhisit Vejjajiva. Manifestantes chegaram a invadir o prédio do Ministério do Interior. O governo tailandês decretou estado de emergência na capital. A pedido do ex-premiê, opositores encerraram os protestos.

PYONGYANG REATIVA PROGRAMA NUCLEAR

14/4

A Coreia do Norte pede a inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica que deixem o país, porque considera a negociação sobre o fim de seu programa nuclear desnecessária. O governo também anunciou que vai reativar o reator de Yongbyon. A decisão é uma retaliação contra a resolução do Conselho de Segurança da ONU, que condenou o lançamento de um foguete norte-coreano há duas semanas. Os EUA alertaram que a Coreia do Norte sofrerá consequências por expulsar instrutores da AIEA.

EVO MORALES ENCERRA GREVE DE FOME

14/4

A aprovação da nova lei eleitoral faz o presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciar o fim de sua greve de fome iniciada havia cinco dias. Ele fez o protesto para pressionar o Congresso. A nova legislação estabelece eleições para presidente e Congresso para o dia 6 de dezembro. Evo Morales já lançou sua campanha à reeleição presidencial.

USP FAZ MUDANÇA NO VESTIBULAR

16/4

A Universidade de São Paulo vai aderir ao novo formato do vestibular, proposto pelo Ministério da Educação. A partir deste ano, a primeira fase da Fuvest deixará de contar pontos para a nota final da prova, mas continuará com 90 questões de múltipla escolha. A segunda etapa cobrará todas as disciplinas do ensino médio - antes apenas português e redação eram obrigatórios para todos os cursos. O peso da nota do Enem continua valendo 20% da primeira fase.

CONTINUA PRIVILÉGIO NO CONGRESSO

16/4

Em meio ao escândalo do uso irregular de passagens aéreas por parlamentares, o Congresso anuncia norma que oficializa a utilização de bilhetes aéreos por parentes ou pessoas indicados pelos senadores ou deputados. Na tentativa de reduzir o efeito negativo da medida, a Câmara e o Senado aprovaram corte de 20% e 25%, respectivamente, nos valores mensais a que cada parlamentar tem direito de usar.

ROSEANA SARNEY TOMA POSSE

17/4

Roseana Sarney assume o governo do Maranhão e substitui Jackson Lago, cassado por crime de abuso de poder político nas eleições de 2006. Durante a posse, Lago ocupou a sede do governo e afirmou que só sairia "arrastado ou morto". Até o fechamento desta edição, ele permanecia no Palácio dos Leões. Roseana vai se afastar do cargo para se submeter a uma cirurgia na cabeça para tratar um aneurisma cerebral.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.