O que passou

LULA PROMOVE ETANOL EM PAÍSES NÓRDICOSO presidente Lula inicia pela Finlândia a agenda de visita aos países nórdicos cujo objetivo é promover a cooperação na área de energia renovável, com ênfase para o programa de biocombustíveis. Na terça, Lula chega à Suécia, onde é recebido com pompa pela realeza, e consegue do primeiro-ministro, Fredrik Reinfeldt, a promessa de que o país vai eliminar a sobretaxa do etanol até janeiro de 2009. No dia seguinte, o presidente vai à Dinamarca e na quinta à Noruega, onde cobra empenho na conclusão da Rodada Doha para que os países pobres sejam os "únicos ganhadores" do açodo.GREVE DOS CORREIOS PREJUDICA ENTREGASOs trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) iniciam paralisação por tempo indeterminado para pedir correção salarial de 47,77%, referente a perdas econômicas desde 1994, e mais R$ 200 de aumento real. Nos dois primeiros dias de greve deixam de ser distribuídas no País 9 milhões das 64 milhões de correspondências. Na sexta, a diretoria da empresa se reúne com representantes dos funcionários, mas não chegam a um acordo. A única proposta feita foi pagar, de forma unificada, o abono de R$ 400. A empresa ameaça ir ao Tribunal Superior do Trabalho caso a greve não acabe até segunda.PIB CRESCE 5,4% NO SEGUNDO TRIMESTREUma projeção do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que a economia do Brasil cresceu 5,4% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2006. Foi o 22º trimestre seguido de alta, recorde histórico. A ampliação do Produto Interno Bruto (PIB) ficou um pouco abaixo da estimativa média do mercado, de 5,9%, mas mesmo assim foi considerada boa pelos analistas. Chamou a atenção o fato de que os investimentos aumentaram 13,8%, na maior variação em três anos. O consumo das famílias subiu 5,7%. O crescimento do PIB acumulado no primeiro semestre de 2007 ficou em 4,9%.DESGASTADO, PREMIÊ JAPONÊS RENUNCIAO primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe (foto), renuncia um ano depois de assumir o poder, deixando a segunda maior potência econômica do mundo envolvida numa grave crise política. Seu governo foi marcado por escândalos de corrupção que derrubaram ministros - um deles chegou a se suicidar. A saída de Abe alimentou rumores de que agora ele próprio seria alvo de denúncia de sonegação de impostos.PUTIN NOMEIA PREMIÊ DESCONHECIDOO presidente russo, Vladimir Putin, surpreende o país ao nomear um tecnocrata praticamente desconhecido como primeiro-ministro e deixa no ar a dúvida de quem seria seu sucessor na presidência para as eleições do próximo ano. Após aceitar a demissão do premiê, Mikhail Fradkov, e dissolver o governo, Putin escolhe o diretor do Serviço Federal de Controle Financeiro,Viktor Zubkov, para assumir o posto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.