Roger Abdelmassih, médico

Dono da maior clínica de reprodução assistida do País, Abdelmassih foi preso sob a acusação de estuprar 56 mulheres. Os crimes teriam começado na década de 70. O pedido de habeas corpus para o médico foi negado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, O Conselho Federal de Medicina suspendeu seu registro profissional por tempo indeterminado.

O Estado de S.Paulo

23 de agosto de 2009 | 01h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.