Um brinde à nova primeira-dama

AMBULATÓRIO DA NOTÍCIA - Unidade de tratamento para quem sai mal na foto

Tutty Vasques, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2009 | 23h59

Camilla Parker Bowles anda numa alegria de tirar o fôlego do príncipe Charles. Também, pudera! O YouTube transformou a escocesa Susan Boyle - revelação de cantora num programa de calouros da TV britânica - na celebridade mais horrorosa do Reino Unido. Isso quer dizer o seguinte: o gênero mulher feia que deu certo, muito comum naquelas bandas do mundo, tem nova primeira-dama.

A sucessora da duquesa da Cornualha, definitivamente, não é só mais um rostinho desagradável num mar de gente feia. Aos 47 anos, Susan Boyle é gorda, descabelada, esquisita, tímida, desajeitada, brega, virgem e aparvalhada. Conta que na adolescência chegou a ser considerada retardada por conta dessa aparência assustadora. Tá na cara que ela não se depila. Suas sobrancelhas parecem um par de bigodes, o queixo é flácido e duplo, o conjunto da obra é um breve contra a luxúria de raro esplendor. Susan só não faz feio quando canta e isso foi o suficiente para comover mais de 100 milhões de seres humanos que foram visitá-la na internet, tomados pelo deslumbramento de crianças no zoológico. "Pai, o urubu canta feito rouxinol!"

Em época de crise econômica, com todo mundo cheio de problemas, o sucesso de uma pessoa assim enche o fim do mundo de esperança. Yes, se até esse tribufu se deu bem, we can, claro que a gente pode. Nem que para isso seja preciso dar um tempo nas academias de ginástica, salões de beleza, butiques e alimentação balanceada... No momento, que me desculpem as bonitas, mas Susan Boyle é fundamental.

Esclarecimento

O senador Eduardo Suplicy esteve, sim, no Iraque em janeiro de 2008, mas não foi ele quem deixou o Supla pra lá de Bagdá. O músico deve ter comprado passagens com o próprio dinheirinho. Essas coisas a opinião pública não vê. Ô, raça!

Puro-sangue

Entreouvido nos bastidores do PSOL: "O que você acha da chapa Joaquim Barbosa/Protógenes Queiroz para concorrer à Presidência em 2010?" O ministro do STF tomou a frente do delegado da PF como queridinho das esquerdas.

Sorte deles!

A Justiça Desportiva está virando uma das poucas coisas que funcionam no Brasil. Se fossem jogadores de futebol, os ministros Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa pegariam, no mínimo, 1 ano de suspensão depois daquilo tudo.

Arrependimento

Fernando Lugo confessou a um padre amigo que, desde a posse na Presidência do Paraguai, ele não pega ninguém. Não à toa, de vez em quando bate uma saudade danada da batina.

Mundo cão

Foi só o presidente Barack Obama abrir caminho para punir a tortura no governo Bush, e pronto: já tem gente de esquerda aqui no Brasil pensando em cobrar na Justiça americana indenização reparatória pelo sofrimento dos últimos oito anos.

Estranha no ninho

Segunda colocada entre as candidatas a Miss EUA, a californiana Carrie Prejean chutou o balde: "Só não levei a coroa porque me manifestei contra o casamento homossexual". Numa época em que só os gays ainda assistem a esse tipo de concurso, francamente, a loura mereceu perder, né não?

Em nome do pai

Está para surgir em Assunção uma versão paraguaia das Mães da Praça de Maio. Todas com filho do presidente Fernando Lugo no colo. Desaparecido, no caso, é o pai.

Diplomacia

O Brasil teve bons motivos para não citar o nome Mahmud Ahmadinejad na crítica que fez ao presidente do Irã na ONU. O que tem de gente com língua presa no Itamaraty, francamente, melhor evitar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.