Um vovô-elástico no balé moderno

"Mikhail Baryshnikov, aos 59 anos, volta ao Brasil, onde dançou em 1998, um espetáculo-solo. Desta vez, com sua nova companhia, a Hell''''s Kitchen Dance, que acaba de estrear em Nova York, depois de bem-sucedida turnê pelos Estados Unidos. Criada em 2006, encerra a sua minitemporada brasileira com dois espetáculos no Teatro Municipal de São Paulo, dias 24 e 25 de julho. O programa é composto por três obras: Years Later, de Benjamin Millepied, Leap to Tall, de Donna Uchizono, e Come in, de Aszure Barton."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.