'Urbanizando e reformando, acabaremos com os pontos ilegais de descarte de lixo'

Carta aberta aos paulistanos

O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2008 | 00h24

Napoleão Verdigueiro PeixinhoSubprefeito interino de São MiguelO entulho e o lixo jogados nos terrenos baldios ou nas calçadas é uma preocupação da Prefeitura de São Paulo. Este é um problema recorrente e que precisa ser duramente combatido. Infelizmente, ainda podemos constatar o descarte ilegal de dejetos em vários locais. O trabalho de limpeza é feito freqüentemente em ações individuais das subprefeituras ou através de mutirão com apoio de várias subprefeituras. Em São Miguel, a subprefeitura adotou o método de urbanização dos espaços utilizados para o descarte deste material, como parcela da sua responsabilidade, com o objetivo de eliminar os "pontos viciados de entulho" como são conhecidos popularmente. As Praças São Gonçalo do Rio das Pedras e Almíscar eram utilizados para o despejo irregular de todo tipo de material. A Prefeitura urbanizou e revitalizou estes locais por meio de um trabalho de limpeza realizado em ações individuais das subprefeituras e com os mutirões. São Gonçalo do Rio das Pedras era um ponto que recebia resíduos de obras. Após a revitalização, a praça conta com Telecentro, ponto de leitura, pista de skate e uma base comunitária da Guarda Civil Metropolitana.A área da Praça Almíscar recebeu novas calçadas, cinco rampas de acesso para portadores de deficiência e conta com um jardim e diversos bancos. O minicampo de futebol também foi reformado. Ao redor da praça, a população ainda tem acesso a uma AMA e duas escolas.A Rua Cardom também deixou de ser um ponto de entulho. Hoje, a área se tornou um lugar agradável. Sabemos que ainda há muito a fazer. Mas temos plena consciência de que, urbanizando e reformando, acabaremos com os pontos ilegais de descarte de lixo.

Tudo o que sabemos sobre:
Carta aberta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.