Você concorda com a distribuição da pílula do dia seguinte pelo governo durante o carnaval?

Temporão critica atitude da arquidiocese A arquidiocese do Recife e Olinda entrou com uma representação no Ministério Público de Pernambuco contra a decisão das prefeituras de Recife, Olinda e do município de Paulista de distribuir gratuitamente a pílula do dia seguinte durante o carnaval. Com base em um parecer técnico que considerou a droga não abortiva, o MP indeferiu o pedido. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, chamou de lamentável a atitude da arquidiocese, que, segundo ele, afasta os jovens da Igreja. Resultado da enquete:Sim> 48%Não> 52%

O Estado de S.Paulo

07 de fevereiro de 2008 | 11h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.