Você concorda em penalizar quem sabe que tem Aids e transmite o vírus?

Para o Ministério da Saúde, transmitir não é crime

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2009 | 00h12

O Ministério da Saúde defendeu que não seja criminalizada a pessoa que sabe que tem Aids e tenha transmitido o vírus por meio de relações sexuais sem proteção. "É muito difícil de estabelecer culpa", disse Eduardo Barbosa, do Departamento de DST, Aids e Hepatite do Ministério da Saúde, dia 23. Para ele, só há crime quando comprovada "intenção de ferir". Em São Paulo, um homem foi condenado por homicídio doloso por ter transmitido o vírus.

Resultado da enquete:

Sim> 84,4%

Não>15,5 %

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.